Mercedes-Benz e Vivint vão lançar baterias para casas


A Mercedes-Benz resolveu seguir o mesmo caminho da Tesla e expandir sua atuação com produtos voltados para armazenamento de energia. Em parceria com a Vivint, especializada em projetos de captação de energia solar, a montadora alemã lançou a Energy, sua própria bateria para armazenamento em sistemas de energia domiciliar.

A tecnologia empregada na Energy foi testada nas baterias usadas nos veículos híbridos da marca. Elas são feitas de íon-lítio e tem 2,5 kWh e tem capacidade modular, o que permite que os usuários podem aumentar essa capacidade para até 20 kWh, caso julguem necessário. A bateria pode tanto fornecer energia adicional em momentos de pico como funcionar como um gerador em caso de quedas.

O produto será oferecido primeiramente no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, e de lá ele partirá para outros países específicos. A Daimler, dona da Mercedes-Benz, vem investindo pesado na parte de energia, como uma forma de se preparar para o futuro eminente que, de uma forma ou de outra, vai envolver seus carros – no caso, os 10 novos modelos elétricos que a Mercedes pretende lançar nos próximos cinco anos.

O grupo fez um investimento de US$ 556 milhões em uma segunda fábrica de baterias na Alemanha. A importância das baterias faz parte de um novo ecossistema de recarregamento de veículos elétricos e uma nova abordagem do uso de energia nas residências também.

08 jun 2017


Por TecMundo

Artigos Recentes mais artigos

Bahia terá investimento de R$ 80 mi em energia solar

Bahia terá investimento de R$ 80 mi em energia solar

em Blog, Nacional

A previsão é que a fábrica entre em operação no 2º semestre de 2018 para fabricação de painéis de geração distribuída e concentrada. Quanto à matéria prima, parte será importada e parte pode ser adquirida de empresas também domiciliadas no estado

Mercado fotovoltaico brasileiro pode movimentar R$ 313 bi nos próximos 10 anos

Mercado fotovoltaico brasileiro pode movimentar R$ 313 bi nos próximos 10 anos

em Blog, Nacional, Mercado

Relatório inédito lançado no país aponta que a fonte solar pode representar 32% da matriz elétrica nacional em 2040, com 75% da capacidade instalada proveniente de geração distribuída e o restante de geração centralizada.

Governo da Paraíba incentiva uso de energia solar na agricultura familiar

Governo da Paraíba incentiva uso de energia solar na agricultura familiar

em Blog, Nacional

O Governo do Estado da Paraíba promove uma série de eventos para incentivar e atrair agricultores familiares a aderirem ao Programa de Energia Solar para o uso de irrigação e outras tecnologias no campo.

Nova "tinta solar" permite transformar sua casa inteira em uma fonte de energia limpa

Nova "tinta solar" permite transformar sua casa inteira em uma fonte de energia limpa

em Blog, Inovações na energia solar, Internacional

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia Royal Melbourne na Austrália desenvolveram uma tinta que pode gerar energia solar a partir do ar úmido e da luz solar. A equipe espera que a tecnologia esteja pronta para uso comercial em cinco anos.

Artigos mais lidos

Voltagem trifásica no Brasil - 220V e 380V

Voltagem trifásica no Brasil - 220V e 380V

Entenda porque existem duas tensões para o sistema trifásico no Brasil nesse artigo explicativo que inclui uma tabela da voltagem usado em cada estado do país.

novembro 17, 2016 Por Amy Maitland

Preços e data de pré-venda do SolPad são anunciados

Preços e data de pré-venda do SolPad são anunciados

Aclamado como “a tecnologia de energia mais legal para estrear este ano”, o SolPad combina energia solar, armazenamento de bateria e software inteligente em um único dispositivo

fevereiro 16, 2017 Por MacPrices

Banco Mundial lança mapa com potencial de energia solar

Banco Mundial lança mapa com potencial de energia solar

O Global Solar Atlas é um mapa online e gratuito do mundo capaz de identificar os locais com maior potencial para o aproveitamento de energia solar e pretende auxiliar investidores e tomadores de decisões de todo o mundo

fevereiro 2, 2017 Por Edifícios e Energia